Redicecionamento

segunda-feira, 30 de abril de 2007

UM PAPO COM OS CRAQUES TONY E VICENTE

Após a conquista da Taça Brasil nosso blog foi até a Itália, mais precisamente na Cidade de Cremona, bater um papo com dois amigos e companheiros de clube -Vicente Henriques e Tony Azevedo, que em julho durante os Jogos Pan-Americanos estarão em lados opostos. Durante a conversa, descobrimos que Vicente durante o ano de 2007, sempre que for possível, virá defender o Fluminense. Então com vocês dois jogadores que com certeza serão destaques em suas equipes durante o PAN 2007.


Os craques Tony (Foto Sérgio Moraes) e Vicente (Foto Satiro Sodré/CBDA) estarão no PAN do Rio


BLOG FLU-> Vocês dois foram formados em países em que o Pólo Aquático não é profissional. Como foi a chegada e a adaptação de vocês na Itália, e nessa nova vida?

Tony-> O que me ajudou na minha chegada à Itália foi o treinador Rudic que era treinador da seleção americana. O Presidente de Cremona queria um jogador americano e o Rudic me indicou. Disse que era um bom e jovem jogador americano.

Vicente-> A minha foi mais na "sorte". Conhecia o Leonardo Sottani, que aos poucos foi me apresentando para as pessoas certas e comecei a jogar na Itália na primeira divisão. A adaptação não foi muito fácil, já que não é muito comum ter jogadores brasileiros em times italianos. Assim, tive que mostrar que tinha condição de jogar.

BLOG FLU-> Como vocês foram recebidos pela equipe? Dirigente, técnico e atletas?

Tony->
Fui muito bem recebido por todos. Aqui em Cremona sempre teve um ambiente muito bom.

Vicente-> Recebido com desconfiança entre todos. Mas aos poucos consegui demonstrar meu valor.

BLOG FLU-> Quais as diferenças entre o Pólo Aquático dos EUA e do Brasil, em relação ao italiano, que mais chamou a atenção de vocês?

Tony-> Ser um jogador profissional. Infelizmente nos EUA não podemos ser. Assim, jogamos só por amor. E muitos jogadores param em razão de não poderem viver do pólo aquático. Na Itália é trabalho. Pensamos o tempo todo em Pólo Aquático.

Vicente-> Estou com o Tony, é a principal razão. Além da falta de jogos no Brasil com outras seleções, este é o grande problema. Ser profissional dá ao atleta uma nova postura e ajuda muito no seu crescimento.

BLOG FLU-> Vocês dois vêm de países que o Pólo Aquático não é profissional, não tem um campeonato de longa duração, apesar dos EUA ter o universitário. Mas jogadores acima de 24 anos não tem onde jogar. Como vocês vêem essa situação, e o que vocês acham que deveria ser feito para mudá-la?

Tony-> Até mais jovem. Com 22 ou 23 anos já deve fazer uma escolha. Acho que deveria haver uma liga profissional de no mínimo 6 meses nos EUA, para que os jogadores só treinem na época de seleção.

Vicente-> Quanto ao Brasil acho que uma liga permanente, longa, que faça com que os atletas treinem o ano inteiro. Isso seria o começo. Além de viagens para a Europa com os times, para tentar acompanhar o crescimento do Pólo Aquático Europeu.

BLOG FLU-> Fora da Europa muito se reclama em relação aos critérios que a FINA adota para classificação dos países para os eventos mais importantes. A reclamação é que eles permitem a monopolização dessas vagas pela Europa. O que vocês pensam disso? Qual a opinião de vocês? O que vocês acham se o Mundial passasse a ter 24 países, o mesmo número de participantes do Mundial Júnior?

Tony-> Quanto mais países em um mundial melhor. Teriam que dar possibilidade aos paises fora da Europa como Japão, China, os paises da África e América. Para o crescimento do Pólo Aquático temos que rever essa situação. Para nós é muito difícil ter que viajar 16 horas para jogar na Europa e para os times Europeus só depende de 1 ou 2 horas.

Vicente-> Infelizmente com essa posição da FINA o Pólo Aquático estará sempre focado na Europa e não conseguirá ser popular como outros esportes. Eu sei que a abertura de algumas vagas no mundial faria o nível técnico do mundial cair um pouco. Mas seria o jeito de começar a popularizar o Pólo Aquático. Pois, são sempre os mesmos paises que sediam os mundiais. E eles não precisam de tanta divulgação como nós.

BLOG FLU-> Vem aí o PAN, quais são as expectativas de vocês?

Tony
->
Minha expectativa é ser campeão e conseguir a vaga olímpica, que é o objetivo da seleção americana nestes 4 anos. Sabemos que vamos ter dificuldades, mas é o nosso objetivo.

Vicente-> Jogamos em casa. Devemos fazer uma campanha boa. Temos os EUA com o nível muito maior que o nosso e o Canadá um pouco mais abaixo, pretendo tirar esta medalha de prata das mãos dos canadenses.

Tony com seu pai e treinador Ricardo Azevedo, o Rochinha. (Foto Sérgio Moraes)

Vicente com sua irmã Andrea. (Foto retirada do Google)

BLOG FLU-> Na opinião de vocês quais serão os grandes adversários de suas equipes?

Tony->
Canadá que melhorou muito. Brasil que joga em casa e Cuba que sempre é difícil jogar contra.

Vicente-> EUA, Canadá, Cuba.

BLOG FLU-> As vésperas do PAN, os EUA disputarão a fase preliminar da Liga Mundial e o Brasil, por sua vez, ficará de fora. O que pensam vocês? Será boa ou ruim para suas equipes a participação de uma e a ausência da outra?

Tony->
É uma pena. Muito triste que o Brasil não vai jogar. Seria bom, pois se conseguisse a classificação iria para a próxima fase que é importante.

Vicente-> Seria uma boa oportunidade de ver como estão os EUA e o Canadá antes do Pan. Seria um teste importante. Eu sempre reclamo da falta de jogos da seleção brasileira. Então é horrível a nossa não participação.

BLOG FLU-> Tony fale um pouco do seu amigo e companheiro Vicente. O mesmo para você Vicente, fale um pouco do Tony.

Tony->
Além de um amigo dentro e fora da água, é um jogador dedicado. Treina forte sempre. Acho que é o que mais treina forte. Assim, como eu, joga com paixão. É sempre bom ter um jogador assim ao lado.

Vicente-> Quanto ao Tony? Ele é um craque. Um atacante puro. Veloz, rápido que sabe ler o jogo. É sempre um prazer tê-lo como companheiro de time. Está entre os 5 melhores atacantes do mundo. Então, não preciso falar muito do jogador TONY. Quanto ao amigo Tony, é fácil. Um grande companheiro. Tem todas as qualidades que um amigo deve ter.

BLOG FLU-> A temporada italiana caminha para o seu final, vocês já decidiram o que farão na temporada 2007/2008? Continuam na Itália? No Cremona?

Tony-> Assinei por mais dois anos em Cremona.

Vicente-> Ainda não sei. Quando acabar o campeonato, devo ver as possibilidades que tenho. Infelizmente não sei onde vou jogar.

BLOG FLU-> Tony, como já publicamos acima o Vicente esse ano quando o calendário italiano der uma folga, virá jogar pelo Fluminense. Então, aproveitamos para te convidar a vir com ele e jogar conosco. O que acha da idéia?

Tony->
Se eu achar um tempo seria uma ótima idéia. O problema é arranjar umas duas semanas para ir para o Brasil, pois não tenho muito tempo livre.

Vicente-> Eu estou aguardando uma folga para jogar pelo Flu. Já entrei em contato com o Carlinhos e já dei ok, quanto a esse assunto. Se vier o Tony, melhor.

Um comentário:

Cris Rosado disse...

Mais entrevistas interessantes!
Temos mesmo um time e um blog campeões!
Seja bem-vindo Vicente à nossa Família Tricolor! Tony, as portas estão sempre abertas ao meu 'sobrinho' de coração!
Bjs
Cris

FLUMINENSE PENTA CAMPEÃO TROFÉU BRASIL 2010

FLUMINENSE PENTA CAMPEÃO TROFÉU BRASIL 2010

FLUMINENSE BI CAMPEÃO ESTADUAL JÚNIOR 2010

FLUMINENSE BI CAMPEÃO ESTADUAL JÚNIOR 2010

FLUMINENSE CAMPEÃO ESTADUAL JUVENIL 2010

FLUMINENSE CAMPEÃO ESTADUAL JUVENIL 2010

FLUMINENSE CAMPEÃO ESTADUAL JÚNIOR 2009

FLUMINENSE CAMPEÃO ESTADUAL JÚNIOR 2009

FLUMINENSE CAMPEÃO BRASILEIRO SUB21

FLUMINENSE CAMPEÃO BRASILEIRO SUB21

FLUMINENSE TETRA CAMPEÃO TROFÉU BRASIL 2009

FLUMINENSE TETRA CAMPEÃO TROFÉU BRASIL 2009
Gustavo / Sottani / Cesar / Kiko / Quito / Beto / Shalom / Cubano / Jonas / Bernardo / Gabriel / Vujasinovic / Betinho / Heitor / Thye - Técnico: Carlos Carvalho / Assist: George Chaia

FLUMINENSE CAMPEÃO BRASILEIRO JÚNIOR 2009

FLUMINENSE CAMPEÃO BRASILEIRO JÚNIOR 2009

FLUMINENSE CAMPEÃO DO TROFÉU BRASIL SUB-21 / 2008

FLUMINENSE CAMPEÃO DO TROFÉU BRASIL SUB-21 / 2008
Participaram da campanha: Thyê, Tomás, Yuri, Cubano, Bernardo, Caio, Rodrigo, Secco, Bernardo Reis, Eric, João, Betinho, Renan, Pedro "Skol", Chico Eiras e Tiririca. Técnico Carlos Carvalho e auxiliar Silvio Telles

FLUMINENSE CAMPEÃO BRASILEIRO INFANTO-JUVENIL 2008

FLUMINENSE CAMPEÃO BRASILEIRO INFANTO-JUVENIL 2008
Heróis da conquista: Álvaro, Lucas, Bruno, João, Matheus S., Vítor, Guilherme, Matheus, Haroldo e Guilherme. Técnico Quito

FLUMINENSE CAMPEÃO ESTADUAL JUVENIL 2008

FLUMINENSE CAMPEÃO ESTADUAL JUVENIL 2008
Participaram da Campanha os seguintes atletas: Luan, Tarzan, Yuri, Gaspar, Lucas, Pão, Renan, Guilharme, Chico, Eric, Skol, Gabriel, Alvaro, Bruno, Felipe. Técnico Silvio Telles

FLUMINENSE TRI-CAMPEÃO ESTADUAL ADULTO
2006-2007-2008

FLUMINENSE TRI-CAMPEÃO ESTADUAL ADULTO<br>2006-2007-2008
Heróis da 31ª conquista:Marcelinho, Vicente Henriques, Cesinha, Chaia, Quito, Beto, Shalom, Cubano, Braguinha, Gabriel, Mineiro, Betinho, Caio, Nicolas, Guigo, Alfredo e Thyê. Técnico Carlos Carvalho

FLUMINENSE TRI-CAMPEÃO DA TAÇA BRASIL 2008

FLUMINENSE TRI-CAMPEÃO DA TAÇA BRASIL 2008
Heróis da conquista: Marcelinho, Vicente Henriques, Cesinha, Chaia, Quito, Beto Seabra, Shalom, Cubano, Braguinha, Gabriel, Mineiro, Betinho, Caio. Técnico Carlos Carvalho e assistente Silvio Telles

FLUMINENSE CAMPEÃO DO TROFÉU BRASIL/CORREIOS 2007

FLUMINENSE CAMPEÃO DO TROFÉU BRASIL/CORREIOS 2007
Nossos Heróis: Marcelinho, Paulinho Lacativa, Cesinha, Rick, Mineiro, Beto Seabra, Shalom, Brett, Caio, Rafael Murad, Nicolas, Betinho, Chaia, Thye Mattos, Alfredo soares, Rodrigo Braga, Renan Luna e Gabriel Secco.

FLUMINENSE BI-CAMPEÃO ESTADUAL ADULTO 2007

FLUMINENSE BI-CAMPEÃO ESTADUAL ADULTO 2007
Heróis da 30ª conquista: Marcelinho, Paulinho Lacativa, Cesinha, Rick, Mineiro, Beto Seabra, Shalom, Brett, Caio, Rafael Murad, Nicolas, Betinho, Chaia, Thye Mattos, Alfredo soares, Rodrigo Braga, Renan Luna e Gabriel Secco.

FLUMINENSE CAMPEÃO DA III TAÇA BRASIL 2007

FLUMINENSE CAMPEÃO DA III TAÇA BRASIL 2007
Participaram da competição: Marcelinho, Mineiro, Murad, Cesinha, Caio, Shalom, Quito, Beto Seabra, Betinho, Nicolas, Renan, Gabriel Secco, Rodrigo "Guigo", Rodrigo Alves, Chaia, Liliu, Alfredo e Paulinho Lacativa

FLUMINENSE CAMPEÃO DO TROFÉU JOÃO HAVELANGE 2006

FLUMINENSE CAMPEÃO DO TROFÉU JOÃO HAVELANGE 2006

FLUMINENSE CAMPEÃO DO TROFÉU BRASIL 2006

FLUMINENSE CAMPEÃO DO TROFÉU BRASIL 2006

FLUMINENSE CAMPEÃO DA COPA BRASIL JÚNIOR 2006

FLUMINENSE CAMPEÃO DA COPA BRASIL JÚNIOR 2006
Esq para direita: Nicolas, Carlinhos, Bruno, Elcio, Iargo, Daniel, Alfredo, Rodrigo, Tomás, Caio, Renan, Thyê, João, Betinho, Liliu e o técnico Silvio Telles

FLUMINENSE CAMPEÃO
II FESTIVAL ESTADUAL INFANTIL 2006

FLUMINENSE CAMPEÃO<br>II FESTIVAL ESTADUAL INFANTIL 2006
Esq. para dir.: Natália, Amanda, Luca, Felipe, Gabriel, Luiza Moraes, Rafael "pão de queijo", Pedro "skol", Eric, Chico, Debise, Daniel "gaspar" e o técnico André "Quito" Raposo

FLUMINENSE CAMPEÃO DO TROFÉU JOÃO HAVELANGE 2003

FLUMINENSE CAMPEÃO DO TROFÉU JOÃO HAVELANGE 2003

FLUMINENSE CAMPEÃO ESTADUAL 1978
Esta equipe foi CAMPEÃ seis vezes seguidas

FLUMINENSE CAMPEÃO ESTADUAL 1978<br>Esta equipe foi CAMPEÃ seis vezes seguidas
Os campeões: Da esquerda para a direita: Perrone, Aluizio, George, Álvaro e o tecnico Claudino: agachados: Jair, Eduardo, Luiz Ricardo e Schimidt.

FLUMINENSE CAMPEÃO BRASILEIRO 1968

FLUMINENSE CAMPEÃO BRASILEIRO 1968

FLUMINENSE BI-CAMPEÃO ESTADUAL INVICTO 1953/1954

FLUMINENSE BI-CAMPEÃO ESTADUAL INVICTO 1953/1954

ÍDOLOS DO WATER POLO HOMENAGEADOS NO FLU
06Out2007